Collage.ar

Beatriz Murad

Bia Murad, brasileira, nascida em 20/12/1959, natural de Campos dos Goytacazes, estado do Rio de Janeiro, pedagoga e collagista.

“Em minhas collages uso papel sobre papel. Para mim, a collage é uma arte democrática e isso muito me encanta! Escolher a imagem, recortar e rasgar para montar uma cena acontece, muitas vezes, de forma intuitiva onde me deixo levar pelas imagens. Converso com elas, que conversam comigo e entre si. Fragmentar as imagens, mudar o cenário inicial, colar definindo a finitude de uma cena se dá pela busca do belo, por um resultado que faça do espectador o meu cúmplice na observação e interação da obra final.”

Portifólio

  1. Maio de 2018 – participação na Oficina de Colagem com João Colagem, na ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) Rio de Janeiro. Redescoberta da colagem analógica (que esteve presente desde a minha infância), criação da primeira colagem profissional.

2019

  1. Janeiro até agosto/2020 –Projeto “Cola em Mim” idealização do Jornalista Carlos Frederico para sua coluna social no Jornal 3ª Via com tiragem de 10.000 exemplares e distribuição gratuita – Campos dos Goytacazes – homenageando mulheres atuantes da sociedade brasileira.
  2. Fevereiro/Março –conduçãode Oficinas de Colagem Analógica – com 4h de duração – para arteterapeutas no Espaço Leiza Pereira, Rio de Janeiro.
  3. Maio –criação e conduçãode Oficinas de Colagem Analógica para adolescentes do Projeto Costura criativa da ONG Bem Faz Bem.
  4. Maio até hoje – criação dasSéries“Onde mora o meu afeto”, “Transmutação”, “Grades”, “A pele é negra” e “Passos”.
  5. Junho – seleção e participação naExposição Coletiva Resistências, Galeria Recorte, São Paulo, com curadoria da Sociedade Brasileira de Colagem, com a obra individual “O Homem que anda” (releitura da obra de Rodin do mesmo nome).
  6. Agosto –Exposição individualna Santa Paciência Casa Criativa, Campos dos Goytacazes, com curadoria de Alexandre Ramos.
  7. Agosto – participação no eventocoletivo In Box, Universidade do Papel, São Paulo, com curadoria do João Colagem.
  8. Setembro – seleção e participação coletiva naBienal Black Brazil Art, Rio Grande do Sul, com curadoria da Jane Trein, com a obra “Labirinto das Mordaças” feita em parceria com Maria das Neves Santos.
  9. Outubro – participação no eventocoletivo Paper Day, Universidade do papel, São Paulo, com curadoria do João Colagem.
  10. Novembro – participação no eventocoletivo Paper Mix, Universidade do papel, São Paulo, com curadoria do João Colagem.

2019/2020

  1. Profissionalização da arte da collage na participação em Oficinas de Colagem com os vários collagistas, dentre eles Frederico Motta, Maurício Planel, Sofia Lemos, Hanna23, Vilarejo 21, Antonio Pinto (Centro de Formação Terra do Sol  – Ceará), Silvio Alvarez (Savoá Cursos)

 

Beatriz Murad

Beatriz Murad, Exposición en 360º. En computadora de escritorio, presione “VR” para ver en pantalla completa, en móviles podrá verlo para anteojos de realidad virtual.

Translate »